Os benefícios da logística compartilhada

21/05/2019, atualizada em: 02/10/2019

Os benefícios da logística compartilhada

A cada passo do avanço tecnológico avançamos em todos os segmentos com maior eficiência de processos, aumento de produção e diminuição de custos. E não necessariamente estamos falando em tecnologia de hardware e software, mas também em um novo grande paradigma do mercado: a economia compartilhada.

Startups como Airbnb, Uber, WeWork, TemAçúcar (essa no Brasil) e muitas outras surfam essa onda. O sucesso delas vem do entendimento e do foco nas principais características desse paradigma.

O conceito de compartilhamento é tão poderoso que também chegou na logística. A ideia principal é que todas as partes continuem a entregar seu serviço com a mesma qualidade, porém aumentando a eficiência. Imagine, por exemplo, duas empresas de diferentes segmentos que entregam em um mesmo mercado; sem o conhecimento de que estão fazendo a mesma rota podem ser usados dois carros para fazer a entrega, que causa maiores filas e maior desperdício de recursos.

Com a tecnologia da informação, é cada vez mais coerente pensar em compartilhamento de carga. A seguir você verá os 5 principais benefícios de compartilhar desse paradigma na logística de alimentos.

5 Benefícios em compartilhar cargas

1) A operação fica mais econômica

É claro que com o aumento total de carga gerará uma maior demanda de serviços, mas alguns dos custos podem ser compartilhados. Exemplos de custos que não variam tanto conforme o volume sobe são: os salários de funcionários, energia elétrica, combustível e talvez o próprio aluguel do espaço de armazenagem.

2) Mais acessibilidade por uma boa localização

Sabemos que no mercado imobiliário um dos grandes fatores de preço é a localização, e isso não é diferente para a logística. Para ter seu Centro de Distribuição em um local estratégico com rotas para grandes rodovias e avenidas, você pagará mais caro pela armazenagem. No entanto quando estamos dividindo a conta com outras empresas, esse valor pode ser rateado entre todos para trazer o benefício da boa localização.

3) Flexibilidade de operação

Quando falamos de diversas empresas no mesmo espaço, estamos falando de tempos distintos de operação. Dentre o aglomerado de motoristas e carros que presam serviços para essas diversas empresas, dificilmente todos estarão ocupados com sua própria operação durante todo o tempo. Na verdade é comum pagarmos por tempo ocioso de carros e motoristas, o que é fundamentalmente um desperdício

No entanto quando compartilham do mesmo espaço, é possível identificar carros que podem fazer uma rota de urgência para o Rio de Janeiro, por exemplo; ou então encaixar a entrega de poucas caixas que faltaram para Minas Gerais. Essa flexibilização de entregas só se consegue com os contatos.

4) Maior rentabilidade

Uma operação mais econômica pode se traduzir diretamente em mais lucro, nas condições corretas. Essas condições são bem diretas: sua operação não pode estar dando mais trabalho por ser compartilhada do que daria uma dedicada. Ou seja, de nada adianta ter uma operação aparentemente mais barata se você vai gastar capital humano para polir os processos.

Esse erro é facilmente evitável se escolher um bom parceiro para a operação logística. A operação precisa ser suficientemente automatizada, com processos limpos e bem definidos.

5) Sustentabilidade

A maioria dos desperdícios pode ser mitigada de maneira simples. É claro que colocar dois carros na rua para entregar produtos distintos em um mesmo mercado vai sair mais caro do que consolidar as duas cargas. Mas não estamos falando apenas do capital humano dos funcionários; o combustível é um dos recursos não-renonáveis mais problemáticos do planeta hoje. Seu desperdício tem que ser olhado com mais detalhe, e o paradigma de compartilhamento é uma poderosa ferramenta contra isso

Desafios para o compartilhamento

Por ser um conceito relativamente novo, algumas objeções são comumente encontradas como barreiras. O Brasil como um todo ainda é bastante novo no conceito de compartilhamento, mas a quantidade de empresas crescendo exponencialmente com esse modelo de negócios mostra como a conta fecha.

Atualmente é muito mais natural enxergarmos empresas do nosso setor como concorrentes do que como aliadas. Isso faz parte da nossa cultura. No entanto uma conhecida analogia diz o seguinte: é mais interessante aumentar sua fatia da torta ou fazer a torta inteira crescer?

A torta ou a fatia?

A concorrência direta também tem seus benefícios, principalmente na qualidade de produtos geral do mercado. Porém é possível conciliar uma competição com um compartilhamento mesmo com empresas do mesmo setor. E essa junção de dois modos de agir e pensar faz com que a torta como um todo cresça enquanto você cuida da sua própria fatia.

Logística compartilhada na Frezze

A Frezze teve seus fundamentos inspirados no paradigma de compartilhamento. Nosso maior esforço é conciliar o crescimento mútuo das empresas que estão sob nossa gestão. Dessa forma nosso objetivo é trabalhar com valores tão competitivos que não poderiam ser atingidos sem o compartilhamento.

Nossa armazenagem não exige volume mínimo. Esse é nosso primeiro ganho. Consolidamos as cargas em pallets de forma que não é necessário ter um volume mínimo para armazenagem de alimentos.

Oferecemos distribuição de alimentos compartilhada e dedicada. Entendemos que, apesar dos ganhos que citamos, o transporte dedicado ainda é necessário em diversas situações, a depender da operação. Por isso oferecemos também o serviço de maneira opcional. Queremos buscar os melhores conceitos do compartilhamento e os melhores ganhos do dedicado.

Caso tenha alguma sugestão, dúvida, queira fazer um orçamento sobre nossos serviços, ou apenas conversas, entre em contato conosco pelo telefone: (11) 3666 - 3385 ou então pelo email contato@frezze.com.br

Você será bem vindo!

Subir